"Um Zero Azul" surge no final de 2009 quando Eurico Orvalho e David Sequeira se juntam a Kapa de Freitas, com o propósito de dar vida a algumas das canções que durante tempo indeterminado repousaram entre os zeros e uns alojados no seu disco rígido. Rock, Electrónica e Pop são alguns dos condimentos que temperam os poemas cozinhados na dualidade do dia-a-dia de uma sociedade que parece há muito ter esquecido o poder da palavra em Português! Entre os zeros e uns monocromáticos que compõem o mundo que nos rodeia, surge "Um Zero Azul" que marca a diferença!  (Fonte: Um Zero Azul MySpace)
A banda tem sido muito elogiada pelo seu single ‘Quem não quer ver?’, que conta com a participação especial de Tim dos Xutos e Pontapés, e que faz parte da banda sonora da telenovela da SIC Dancin’ Days. O tema com mais de 23 mil visualizações no youtube, também pode ser ouvido em várias rádios locais do país.


Como é que surgiu a ideia de se juntarem para finalmente darem vida às canções que tinham guardadas?
Kapa - Durante alguns anos fui escrevendo e gravando canções no meu computador. A determinada altura encontrei nelas um fio condutor e achei que seria a altura de lhes dar vida formando uma banda para as tocar ao vivo. Falei com o Eurico, o nosso baixista, que ficou imediatamente interessado no projecto. Começámos à procura de baterista e através de um anúncio que coloquei no Myspace, chegámos ao David! O primeiro ensaio foi a 13 de Outubro de 2009 e o primeiro concerto a 13 de Novembro de 2009, curiosamente numa sexta-feira 13. Foi num concurso de bandas, o "Concurso de Música Moderna de Palmela", onde ganhámos o prémio de melhor banda do Concelho, que se revelou muito importante em termos de motivação!


Como todas as bandas, também a vossa deve ter um background…quais foram as vossas influências?
Kapa - As influências são muitas e variadas…é difícil apontar esta ou aquela banda como referência musical... no que toca às temáticas das letras, escrevo sobre o que me rodeia...as experiências que vivo ou que observo no dia a dia...


Como foi a experiência de produzir o vosso primeiro CD com o Pedro Quaresma e o João Nobre?
Eurico – Essa produção, embora inicialmente divulgada, não se chegou a concretizar. Inicialmente abordámos o João Nobre e o Pedro Quaresma para produzir o nosso álbum, que depois de ouvirem as demos sugeriram  que seria mais produtivo para nós abdicar de um produtor (ou neste caso uma dupla), e canalizar o orçamento para um estúdio onde pudéssemos obter o melhor som possível, visto considerarem que já exista um bom trabalho de produção na pré-produção, e o orçamento não ser muito grande...acabámos por seguir o conselho. A produção ficou assim a cargo do Kapa com a co-produção do João Martins, também um grande nome do panorama musical nacional, tendo produzido nomes como Xutos & Pontapés e Da Weasel.


Tivemos oportunidade de ler em vários blogs que, parte da aceitação do público, deve-se aos vossos temas serem cantados em português. É uma temática com que se preocupam?
Kapa - Foi uma coisa que surgiu naturalmente... também escrevo canções em inglês, mas comecei a notar o tal “fio condutor” num grupo de canções em português, e a partir daí fazia mais sentido continuar a usar a língua materna para escrever canções de “Um Zero Azul”, o que também faz com que seja mais fácil chegar ao ouvinte.


Como surgiu a oportunidade de trabalharem com o Tim dos Xutos e Pontapés?
David - A parceria veio como sugestão da minha mulher. Os Xutos & Pontapés são para nós uma referência, e seria para nós uma honra tê-lo como convidado no tema “Quem não quer ver?”. O Tim tem uma voz característica que considerámos encaixar muito bem na música, e por esta razão pensámos logo que podia resultar. O técnico que gravou o nosso álbum, João Martins, tinha gravado o último álbum dos Xutos e enviou o tema ao Tim para ouvir e se gostasse cantá-lo connosco. O Tim ouviu o tema, gostou e gravou!

                                                                                                              
O facto de o vosso single fazer parte da banda sonora de uma novela, exibida em horário nobre, trouxe muitas vantagens?
Eurico - A aceitação do single tem sido positiva mas ainda não teve a projecção que gostaríamos, porque as pessoas ouvem o tema mas não o conseguem associar a "Um Zero Azul". Contudo temos recebido boas críticas. No dia 18 de Fevereiro, chegou às lojas a banda sonora da telenovela, onde o tema “Quem não quer ver?” está integrado, o que faz com que a música alcance um público mais vasto antes do lançamento do nosso disco. Entretanto vamos continuar a divulgar o nosso trabalho para que chegue ao maior número de pessoas possível.


Na vossa opinião continua a ser rentável fazer música no nosso País?
Kapa - Infelizmente é muito difícil, e tudo indica que será cada vez pior...


Que planos têm para um futuro próximo? (Concertos, um novo álbum…)
David - Se tudo correr como esperamos, o lançamento do disco deverá acontecer até ao verão. Estamos neste momento a agendar espectáculos, por isso para quem nos quiser contactar para marcações ou ficar a par das novidades, visite a nossa página no Facebook!
Queremos fazer chegar a nossa música ao maior número de pessoas possível. Esperamos que desta forma possamos dignificar ao máximo a música Nacional, e que "Um Zero Azul" seja reconhecido, de forma positiva, no panorama musical português!


Facebook: www.facebook.com/umzeroazul
Marcação de Espectáculos - Vânia Dias - vania.dias@umzeroazul.com  939 166 357 / 962 313 950
 Escrito por Sofia Gomes