Imagem
Foi com a obra “Livro” que José Luís Peixoto venceu a primeira edição do Prémio Salerno Livro d’Europa, em Itália.
O romance do escritor de 38 anos, natural de Galveias, em Ponte de Sor, foi o escolhido entre outros quatro títulos finalistas, de autores europeus com menos de 40 anos.
O júri do galardão foi "constituído por 50 leitores e 50 personalidades ligadas ao meio editorial italiano", esclarece em comunicado a editora Quertzal.
Publicado em Portugal em 2010, pela Quetzal Editores, e recentemente em Itália, pela Einaudi, o “Livro” foi também finalista do Prémio Femina, atribuído em França.
A obra "Cemitério de Pianos", de Peixoto está na primeira lista do Prémio Impact Dublin, ao qual concorrem obras publicadas em Língua Inglesa, nomeadas por livreiros de todo o Mundo.
José Luís Peixoto venceu em 2001 o Prémio Saramago com o romance "Nenhum Olhar" e já recebeu também os prémios Daniel Faria e Cálamo Outra Mirada, ambos em 2008.

Escrito por. Sílvia Malheiro
 





Leave a Reply.